domingo, 31 de janeiro de 2016

ATUALIZAÇÃO PATRIMONIAL JAN/16 (+ 2,30% ou + 227,00)

Como disse nosso amigo Pobre Sonhador, janeiro é um mês morto.  Começo a ver uma tendência em 2016 para nós sobreviventes do bostil. 

Que início de ano sempre é uma porcaria no Brasil, todo nós sabemos. Mesmo ao longo do ano me preparando, aportando, desenhando cenários, sempre acontece algo na vida de um bostileiro que nos faz gastar mais e mais a fim de resolver algum problema.

Esse mês havia planejado forte aporte financeiro, mas algumas coisas (todas) não saíram como eu planejava/desejava:

  1.       O Chuveiro – Há muito tempo o chuveiro da minha casa é uma porcaria. O banheiro como um todo é uma porcaria. O prédio onde moro aqui no Inferno de Janeiro tem +/- 25 anos de construído. Naquela época, os babuínos que o construíram utilizaram todos os encanamentos de ferro. Moral da história, com o tempo os encanamentos de água foram enferrujando por dentro até chegar o ponto que........ não saí mais água. Então o que o chimpa faz, toma banho de balde até encontrar e chamar um bombeiro para quebrar a porra toda e trocar os encanamentos. Conclusão: - R$ 550,00 em aportes. Pelo menos agora caí água igual a cascata de foz do Iguaçu.

  2.       O Carro – Comprei o carro em fevereiro de 2015, e na época vendi minha moto que estava me sugando até os pentelhos do c*. Isso mesmo, como todos sabem, a farra do crédito fácil era a farra que eu também freqüentava. Mas voltando ao assunto, o carro nunca havia passado por revisão mecânica e como estava com um problema na embreagem não tive como fugir. Estava segurando até o último momento para acertar, até pelo fato de não ser algo que estava fazendo o carro parar de andar. Eu iria mexer nisso em Abril, após engordar o porco mais um pouco, com muita calma e considerando vários orçamentos. Moral da história trocou-se o kit de embreagem, cabo de embreagem e um retentor de óleo da Cx. De marcha. Conclusão: - R$ 1.100,00 em aportes.  

Então, com o balde no chão (após o bico que dei nele em janeiro), apresento aos senhores a evolução do mês de Janeiro:


 

Como é possível observar, cheguei nos 10 K com um mês de atraso. Poderia ter chego nos 11 K nesse mês e pulado a fronteira dos nº redondos. Mas infelizmente com diversos “saques” no TD Selic, o qual utilizo como reserva imediata, extra conta corrente,  não tive êxito.  
Esses 3 saques foram imprevistos e inadiáveis. Não pretendo mexer nos meus pré-fixados, pois esse título não esta mais a venda e comprei em alta de tx.

Como estou mexendo muito no Selic, vou compor uma carteira de “front”, que será constituída pela poupança.
Ainda estou aportando com a finalidade de constituir o meu colchão de segurança, só que a meta agora aumentou. O colchão deverá ser constituído de + 30K. Segundo as projeções que estão feitas, tenho margem de + 3,5K.  

Ainda estou firme no TD, fevereiro que tentarei diversificar um pouco. Chega de emprestar dinheiro pro governo.


A partir desse mês, além escrever sobre os aportes e a evolução, farei algo que considero necessário para vida de todo pobretão. Um balanço patrimonial, considerando os ganhos e perdas líquidas e toda pobreza extrema do frugal dono dessa bagaça. Abaixo o resumo do primeiro Balanço Patrimonial do ano de 2016, já que último que postei era apenas um teste:

 

Com relação ao carnaval, aqui no Inferno de Janeiro já começou a farra do mijo, realmente não da mais para circular pela cidade. A festa dos mijões voltou com força total. Solução: Vou para o mato! 

Estarei em Santo Antonio do Pinhal nesses dias de carnaval. Espero que ao menos lá as pessoas sejam menos chimpas.

Quem sabe alguns dias lá,  de para esquecer essa babuínissie toda...


12 comentários:

  1. Quando se trata de carnaval + mijo + brasilisbabuinus eu digo: "Fuja para as colinas" rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mc, não a coisa melhor pra fazer. Se tiver sortesorte ainda pego um clima ameno em SP.

      Excluir
  2. Continue firma nas metas.

    Estarei aqui acompanhando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Investidor.
      Pretendo restabelecer a meta em torno de 0,8k a 1 k mês. Para isso enxuguei grande parte dos meus gastos.

      Excluir
  3. Obrigado pela citação!

    É amigo, tantos planos...

    Pelo menos você conseguiu papéis com boas taxas, os que estão sendo oferecidos agora não são lá essas coisas.

    Sucesso financeiro!!

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. Obrigado RFI.

      Vou mantê-la estável e vou alçar novos rumos (produtos). A partir de Julho, estarei estreando na RV.

      Excluir
  5. Carnaval, enquanto muitos gastam, eu ganho e muito.

    ResponderExcluir
  6. Rato, belas taxas na LTN21. Penso que você vai colher bons lucros pois a taxa tende a cair, pelo menos, é a tendência indicada pelo governo.
    Pelo que entendi, seu foco agora é na reserva de emergência, mas avalie um CDB ao invés de poupança - acho que você ganha mais.

    ResponderExcluir
  7. IPV, tenho pensado muito em alternativas ao TD. Contudo quando procuro, só encontro produtos para aportes altos. Tenho pesquisado muito na Órama e na Easynvest, corretores que sou clientes. Um outro agravante, é que TD Selic e Poupança fazem parte do meu caixa emergencial. Se eu tirar a liquidez e tiver um problema to frito !
    Mas estou estudando alternativas ao TD, o problema maior por enquanto é o valor dos aportes, esse mês não aportarei mais que um salário minimo e isso me limita nas compras. =/

    ResponderExcluir
  8. RI, pois é, reserva de emergência é vital. Sua preocupação é correta assim como sua estratégia. Quanto aos aportes, fique tranquilo, o importante é manter a disciplina de aportar sempre, assim, no LP, seu patrimônio irá agradecer.

    ResponderExcluir
  9. Ratoeira, uma reflexão do meu ponto de vista. Você está a procura de alternativas ao TD. Uma boa estratégia é acumular no TS ( tesouro SELIC) e quando alcança o valor de 5k que é o mínimo pra se investir em LCI/LCA, você faz o resgate,aplica, e continua aportando no TS acumulando patrimônio até chegar aos 5k e continua esse ciclo vicioso. Você vai conseguir uma boa diversificação. Abraço

    ResponderExcluir