terça-feira, 31 de janeiro de 2017

ATUALIZAÇÃO PATRIMONIAL JAN/17 (- 1,54 % ou - 961,26)


INTRODUÇÃO

É chegado mais uma data de fechamento de mês e como para mim compromissos tem força de lei, vamos ao que interessa.

Esse mês não fiz aporte. Como já antecipei, Janeiro e Fevereiro de 2017 não terão aportes, pois estamos pagando a viagem de fevereiro antecipadamente e dessa forma estamos nos concentrando em cumprir essa tarefa com êxito.

Fiz uma pequeno saque no CDB D+0, pois infelizmente estava esperando uns proventos a título de trabalho que não foram realizados. Expectativa é que seja pagos em meados de fevereiro, caso não protestarei a Nf e o tomador do serviço pagará com juros.

Para a nossa boa sorte o Sr. Mercado resolveu nos ajudar. Esse mês a Renda Passiva do Fundo de Investimentos Corrida dos Ratos a Fuga foi de R$ 1.014,55.


Essa é a maior renda passiva da história da carteira. Fico imaginando os nobres colegas que estão com 200k, 300k .... e assim por diante. Um dia chego lá.

Sem mais delongas, segue a primeira apuração do ano.

CARTEIRA ATUALIZADA




Sem alterações, apenas reinvestimentos de proventos nos FII. A única coisa que estou intrigado é por que o KNCR caí tanto. Se alguém souber, deixa a dica aí.  

DIVISÃO DOS ATIVOS
RENDA FIXA


RENDA VARIÁVEL



RENDIMENTOS DOS FII’S



De acordo com o tripé dos investimentos, a minha carteira de investimentos está escalonada (%) da seguinte maneira:



Pretendo rever essa situação, estou me sentindo confortável para arriscar um pouco mais. Estou com muito dinheiro para o curto prazo e até o momento não precisei de algo tão rápido (espero nunca precisar). Apesar de ser PJ e não ter valor certo para receber, o dinheiro tá entrando. Não tem dia certo, mas tá entrando.

META PRIMEIRO SEMESTRE 2017
(R$ 67.133,29)


Depois de abusar em 2016 das metas e esticar até onde eu não imaginava no inicio daquele mesmo ano, o meu primeiro semestre de 2017 vai ficar magrinho. Terei duas quedas a princípio (janeiro e fevereiro) e só poderei aportar com força a partir de março. Ainda temos chance de virar o jogo no primeiro semestre, mas depende de alguns outros fatores que não vem ao caso. Eu queria muito chegar aos 100K esse ano, mas se eu considerar o cenário mais otimista para o segundo semestre, talvez eu chegue em 90K. Vamos aguardar. O importante é viver, economizar e ser feliz.

CONCLUSÃO


Estou muito confortável dentro das minhas condições. Estamos aguardando sempre o melhor em meio ao caos. Então quem sabe eu traga para esse espaço ainda breve muito boas notícias. Um forte abraço para todos e desejo muito sucesso.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

CHALLANGE ACCEPTED

CHALLANGE ACCEPTED



Post rápido apenas para atualizar aos nobres colegas sobre as metas do primeiro semestre de 2017.
Diferente do ano de 2016 ao qual tentei estimar todo período  de uma vez só, dessa vez preferi pautar apenas o primeiro semestre, baseando nos valores da linha de aportes já projetadas no meu fluxo de caixa e juros módicos.
Sem mais delongas, vamos aos números:

META 2017.1 (R$ 67.133,29)



Então desafio aceito! Seguiremos nessa caminhada e em Julho teremos revisão da meta!

“Não vamos colocar meta. Vamos deixar a meta aberta, mas quando atingirmos a meta, vamos dobrar a meta”

Abraço e sucesso a todos !