terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Saideira 2015


Saideira...

Para finalizar o ano,  só tenho que me alegrar pelas conquistas de 2015.

Mais um ano de evolução e amadurecimento. Cheguei a pensar no inicio que ficaria aprisionado na Matrix, mas consegui sair (em partes). Como mencionado anteriormente, saí de um déficit de mais de 26k, todas as contas descontroladas e acumulando um passivo a perder de vista.

Adianto aqui que não consegui alcançar a meta de 10 K tão estimada para dezembro. Mas sem problemas considerando que comecei os aportes em agosto após reestruturar praticamente todas as contas, me livrar de veículo e cortar alguns supérfluos.

Quanto à meta de 10k, fazendo as projeções de 2016, facilmente chegarei agora em Janeiro, mesmo com a diminuição do valor dos aportes no primeiro semestre de 2016 (voltarei ao banco da faculdade).
 
Enfim, metas de 2015 mais que realizadas e 2016 continuo no trabalho iniciado em agosto desse ano: Constituir o colchão de segurança e finalmente começar a aportar rumo a IF.  

Em 2016 teremos um misto de TD com LCI-LCA. Hora de atacar um pouco a inflação e contar com nosso governantes para não tributação das letras de créditos.

Pensamento do dia: Já passou da hora de Colocar uma vassoura com o cabo para baixo atrás da porta para as visitas indesejáveis (ano de 2015 e talvez 16) irem embora logo.

Minha alegria em ver meu poder de compra se esvaindo.


terça-feira, 8 de dezembro de 2015

ATUALIZAÇÃO PATRIMONIAL (+ 32,82% ou 1.962,10)

Enfim chegou a atualização e novembro, com 8 dias de atraso mais chegou. Quero destacar a grande luta em continuar aportando na melhor época para o consumo selvagem patrocinado (Natal).

Está chegando o fim do ano e com ele as festividades. Época de presentear os entes queridos e de ter a mesa farta. Sem dúvida a melhor época para o comércio varejista.

Aqui na empresa tudo igual. Muito trabalho. Aturar a nossa suprema chefe babaca e aquele clima de meu deus para onde eu corro se esse barco afundar. Enfim, nada mudou! (Quer um conselho, nunca trabalhe em empresa contábil.)

Manter o foco é a melhor pedida para o fim de 2015. Como abordei em posts anteriores, estou em um trabalho de recuperação fortíssimo após achar que dinheiro nascia em árvore. Para minha surpresa, DINHEIRO NÃO ATURA DESAFORO !

Como estamos sempre procurando aprimorar nossos investimentos, melhorei o meu controle para visualizar de forma mais fácil os meus ativos. Segue as atualizações até 30 de novembro. Em dezembro farei realocações (sei que muitos vão dizer que é perder tempo, mas é mais uma questão de estratégia).



Continuo aportando firme no TD, mesmo com todo esse clima de incerteza mercadológica e politica. Dado a oportunidade que ao meu ver é única, continuo com a mesma estratégia de pré-fixar valores. 
Cerca de 82,64% dos ativos estão pré-fixados a 15,75% e o resto (17,36% está pós fixado). Tenho ignorado de certa forma o colchão de segurança pós fixado. Mas mantenho a meta primária de ter 12 meses de contas pagas. 

No geral tenho auferido boas rentabilidades no pré-fixado, perdendo rentabilidade somente na LTN 2018 que comprei a 15,60%. Atualmente a mesma já está batendo 16%. 


A meta 2015 parece ser singela, mas para quem saiu de – 26 k agora pouco, terminar com 10K aportados (sem considerar os rendimentos) já é uma vitória.